roteiro de 2 dias em amsterdã
Europa | Holanda | Roteiros

O que fazer em Amsterdam – Roteiro de 2 dias (dia 1)

A capital da Holanda habita no coração e na cabeça da maioria das pessoas ao redor do mundo como sendo a cidade do “tudo pode”, da maconha e da liberdade. No final de agosto planejamos um roteiro de 2 dias em Amsterdam e encontramos uma cidade que visa pelo respeito e pela diversidade.

Ficamos encantados com o local, que num primeiro momento parece caótico demais (muitas bicicletas, motos andando pela calçada e carros estacionados em qualquer cantinho), mas que depois de observado com muito cuidado, a gente percebe que o respeito predomina para que as coisas funcionem e não se tornem caóticas.

A hospedagem

O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
Nossa hospedagem diferentona

Depois das passagens compradas, fomos em busca da reserva de hospedagem e de cara levamos um susto com os altos preços. Rodamos pelo Airbnb, Booking, HostelWorld e depois de muita procura encontramos o melhor custo beneficio da vida: um Hotel Boat. Isso mesmo, a gente ficou hospedado dentro de um barco e foi incrível! Além de super bem localizado, o hotel tem um fofo café da manhã, uma vista com pôr-do-sol lindo e é mega limpinho. É claro que é pequenininho e não há banheiros privados dentro do quarto, mas de nada atrapalha a experiência da hospedagem.

Escolha do Roteiro

Apesar de ser um local cheio de museus, optamos por não entrar na maioria deles, já que tínhamos somente dois dias na cidade e que, normalmente, os museus não nos animam muito durante as viagens. Demos prioridade para as feiras de rua, paisagens bonitas e experiências diferentes. Achamos que um roteiro de 2 dias em Amsterdam foi super suficiente para aproveitar a cidade, mas caso vocês queiram aproveitar bem os museus, sugerimos que adicione mais um dia em seus planos na capital da Holanda.

Outra coisa interessante para se observar é que escolhemos fazer absolutamente tudo a pé! Mas caso você não esteja habituado a andar, talvez as coisas se tornem um pouco longe. Uma bicicleta alugada ou uma scooter (caso você ande de moto) pode ser uma opção melhor nesse caso.

Dia 01

Chegamos em um voo vindo de Dublin, passado das 9h da manhã. Pegamos um trem dentro do aeroporto para acessar o centro da cidade. Esse trem levou em torno de 30min até o aeroporto e nós pagamos o valor de €4,50 por pessoa. Compramos o bilhete dentro do saguão do aeroporto e ali mesmo há a entrada para as paradas de trem.

  • Dam Square
roteiro de 2 dias em amsterdã
Monumento Nacional na Dam Square

A nossa primeira parada foi a praça mais famosa de Amsterdam. Ali além do Monumento Nacional, que foi construído em homenagem aos soldados holandeses falecidos na Segunda Guerra, ainda é possível encontrar o Palácio Nacional, Museu de Cera, Igreja Nova, entre outras atrações. Escolhamos somente passear pela praça e admirar os edifícios históricos. Mas caso você tenha mais tempo na cidade, dá para aproveitar e visitar os locais ao redor da praça.

  • Jordaam
O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
Jordaam e seus canais um mais lindo do que o outro

Bairro onde ficam os principais canais da cidade. É ali onde encontramos os pontos onde as fotos que vemos no Instagram são tiradas. Gastamos algumas horas andando à toa e se perdendo entre as ruas e canais da região. Escolhemos não alugar uma bicicleta, mas esse seria o momento ideal para faze-lo caso você queira. Há várias lojas com aluguéis de bicicletas e pequenas scooters.

A cidade de Amsterdam é extremamente preparada para ciclistas e conta com ciclovias por todos os cantos. Andar a pé pode ser um desafio, já que há mais bicicletas do que pessoas por ali (literalmente).

Também almoçamos por ali, há diversos restaurantes na região. Basta escolher o seu e ser feliz.

  • Museumplein
O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
Museumplein e a placa I amsterdam ao fundo. Fonte: Wikimedia

Uma grande praça com todos os principais museus da cidade. Escolhemos não entrar em nenhum deles, então somente passeamos um pouco, aproveitamos para descansar embaixo de uma árvore e fim. Mas caso vocês sejam interessados nos museus, ali podemos encontrar o Museu Nacional, Museu Municipal, Museu de Van Gogh, Museu do Diamante, entre outros.

Ali também costumava ficar a grande a famosa placa escrita Iam Amsterdam, que foi retirada no início de 2019.

  • Abert Cuyp Market
O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
Albert Cuyp Market. Fonte: Flickr

Apesar de termos chegado no final do dia, deu para aproveitar e conhecer uma das feiras de ruas mais famosas de Amsterdam. Ficamos encantados com o local porque é muito parecido com o que vemos no Brasil (e nós pessoalmente amamos!). Muitas barquinhas na rua vendendo frutas, peixe, tempero, guloseimas, roupas e coisas aleatórias, artesanato. Tudo um do lado do outro, coexistindo juntos.

A feira funciona de segunda a sábado entre 9h e 17h.

Depois de mais de 10km de caminhada, fomos até o hotel fazer check in, deixar as malas, tomar um banho e descansar um pouco. Depois dessa pausa, partimos para o próximo destino, começando a noite na capital Holandesa.

Quando vimos a possibilidade de balançar no terraço de um prédio há mais de 100 metros de altura, não pensamos duas vezes em incluir essa parada em nosso roteiro!

Na verdade, pensamos algumas vezes, porque o valor da entrada no prédio custa €13,50 por pessoa + €5 para balançar. Mas ficamos pensando que nos arrependeríamos de não ter tido essa experiência, então acabamos comprando no site uns dois dias antes da viagem. Não foi difícil conseguir horário para balançar – mesmo com o agendamento próximo à data – mas o legal de termos agendado previamente foi que nos planejamos para assistir ao pôr-do-sol de lá de cima e olha… Valeu cada centavo!

Além do balanço, o local conta com uma vista privilegiada da capital holandesa em 360º, um pequeno bar com drinks e snacks, e uma area fechada um adar abaixo, com as maquetes do prédio e também com vista da cidade (já que as paredes são todas de vidro). Outra coisa legal é que eles tiram uma foto sua na entrada com aqueles fundos verdes onde eles colocam a paisagem da cidade atrás. A versão virtual dessa foto (e das tiradas na balança, caso você escolha balançar) são incluídas no valor da sua entrada.

roteiro de 2 dias em amsterdã
Foto-montagem na entrada está incluída no preço do ingresso
O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
O balanço no topo do Adam Lookout foi uma das nossas experiências mais legais na capital holandesa

Você também pode escolher comprar o ticket combinando com uma refeição no restaurante de vista panorâmica logo abaixo, onde as mesas ficam girando ao redor do restaurante para que você consiga aproveitar a vista em 360º enquanto está tendo sua refeição.

O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
Sim, vale cada centavo!

Para acessar o prédio, basta atravessar a principal estação de trem da região central de Amsterdam (Amsterdam Centraal) e pegar uma balsa (gratuita) para o outro lado do rio.

  • Coffee Shop
O que fazer em Amsterdam - Roteiro de 2 dias (dia 1)
Amsterdam e seus lotados Coffee Shops

Não se engane, em Amsterdam Coffee Shop não é um lugar para você sentar e desfrutar de um café. São esses os lugares autorizados a vender maconha prontas para enrolar o cigarro, ou então o cigarro pronto. Lá dentro também há uma área para fumar e um bar para caso você queira beber enquanto fuma.

Para comprar a maconha, há caixas específicos com tabelas do tipo de erva e/ou tipo de cigarro que você deseja e os respectivos preços. Um cigarro de maconha gira em torno de €5. Caso você queira entrar só por curiosidade ou mesmo comprar, não há problema algum. Principalmente na região da Red Light (próximo tópico), onde a maioria das pessoas são turistas e estão ali tão curiosas e perdidas quanto você.

Apesar de existir uma área de fumantes dentro do coffee shop, não há problemas em fumar na rua. Só não pode bebida alcoólica, mas maconha, tudo bem!

  • Red Light

A principal área de prostituição em Amsterdam. É ali onde encontramos as mulheres na vitrine esperando por um programa. E, por consequência, é nessa área que todo o turismo sexual acontece. Há shows, museus e áreas para assistir sexo ao vivo ou no vídeo dentro da cabine.

Nós pessoalmente achamos um lugar super pesado e triste. Caso você decida ir para conhecer, não se esqueça que fotos e vídeos são extremamente proibidos naquela região. Não tentem fazer escondido por respeito às pessoas trabalhando por ali.

 

Como um post só para falar sobre um roteiro de 2 dias em Amsterdam ficaria gigante, vamos dividi-lo em dois. Para conferir como foi o segundo dia, clique aqui.

Similar Posts

Inscreva-se
Notifique-me sobre
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários